Vini Jr., do Real Madrid, é nomeado embaixador da Boa Vontade da Unesco

Jogador do Real Madrid tem se tornado voz ativa na luta contra o racismo seja nos campos de futebol ou fora deles

fevereiro 2, 2024

Vini Jr., que tem se tornado voz ativa na luta contra o racismo seja nos campos de futebol ou fora deles, foi nomeado embaixador da boa vontade da Unesco. O atacante do Real Madrid é o segundo jogador brasileiro a conquistar essa honraria, após Pelé.

O jogador criou em 2020 o Instituto Vini Jr., que desenvolve ações para promover a educação. A ONG tem atuação no Rio de Janeiro, Minas Gerais, Pernambuco e Rio Grande do Sul.

“Vinicius Júnior não é somente um grande jogador de futebol, ele também se comprometeu há algum tempo em promover a igualdade de oportunidades através da educação no Brasil. Ele é um modelo para as gerações e a Unesco tem a honra de nomeá-lo como um de seus embaixadores da boa vontade”, destacou Audrey Azoulay, diretora-geral da Unesco.

“Receber esse convite para ser embaixador da Unesco aos 23 anos é mais do que uma honra, é uma vitória e um dever que carregarei para a vida. Claro que quero ser lembrado como um grande jogador, mas também como um cidadão que se esforçou para fazer algo diferente. A minha luta é pela educação. Meu Instituto cresce mês a mês no Brasil e, com a potência que é a Unesco, vamos impactar o mundo”, destacou o atleta.

Compartilhe: