Paris 2024

COI anuncia equipe de refugiados para competir nos Jogos Olímpicos de Paris

Contando com 23 homens e 13 mulheres acolhidos por 15 comitês olímpicos diferentes, o time de refugiados terá 11 países de origem

COI anuncia equipe de refugiados para competir nos Jogos Olímpicos de Paris
Foto: Reprodução

03 de maio de 2024

2 minutos de Leitura

O Comitê Olímpico Internacional (COI) anunciou a equipe olímpica de refugiados para os Jogos Olímpicos de Paris. A delegação, que pela terceira vez participa do evento, contará com 36 atletas com status de refugiados reconhecido pela ONU (Organização das Nações Unidas).

Contando com 23 homens e 13 mulheres acolhidos por 15 comitês olímpicos diferentes, o time de refugiados terá 11 países de origem.

Foto: Divulgação

Os atletas competirão em 12 esportes: atletismo, badminton, boxe, breaking, canoagem, ciclismo, judô, levantamento de peso, natação, taekwondo, tiro esportivo e wrestling.

“Nós os recebemos de braços abertos. Vocês são um enriquecimento para nossa Comunidade Olímpica e para nossas sociedades. Com sua participação nos Jogos Olímpicos, vocês demonstrarão o potencial humano de resiliência e excelência. Isso enviará uma mensagem de esperança para mais de 100 milhões de pessoas deslocadas ao redor do mundo”, comentou Thomas Bach, presidente do COI.

Novidade para essa edição dos jogos, pela primeira vez a equipe de refugiados terá uma bandeira própria. Em vez de usar a bandeira olímpica, o time usará um símbolo próprio, com um coração no centro.

Com bolsas da Fundação Olímpica de Refugiados criada em 2017, os competidores contam com o suporte do COI. Desde o início da iniciativa, a entidade possibilitou que mais de 400 mil pessoas tivessem acesso ao esporte.

Compartilhe