Licenciamento

Em números, como a Shop Timão viralizou e furou a bolha do futebol ao ‘quebrar a internet’

E-commerce do Corinthians obteve números expressivos ao aproveitar foto vazada e ativar o início da personalização da nova camisa

Em números, como a Shop Timão viralizou e furou a bolha do futebol ao ‘quebrar a internet’
Foto: ShopTimão

21 de maio de 2024

5 minutos de Leitura

Na noite da última quinta-feira (16), uma imagem de Gabriel Barbosa, do Flamengo, usando a nova segunda camisa do Corinthians, viralizou nas redes sociais. Ela acabou gerando polêmica entre os flamenguistas, enquanto os corinthianos se animaram com a possibilidade dele se tornar um reforço no futuro.

No domingo (19), o jogador se pronunciou de maneira oficial, admitiu o erro, pediu desculpas ao clube rubro-negro e deixou claro seu amor pelo time.

No entanto, na sexta-feira (17), de maneira estratégica e com um timing impecável, a Shop Timão, e-commerce oficial do Corinthians, aproveitou a oportunidade e brincou com o fato.

Em suas redes sociais, a empresa disse que “todo mundo quer” a nova camisa do Timão e usou uma imagem do uniforme com o nome Gabriel nas costas. Isso ocorreu pelo fato da personalização da camisa ficar disponível para a venda exatamente no dia seguinte do vazamento da foto. E a estratégia se provou um sucesso absoluto.

Um dos pontos levados em consideração no momento de desenvolver o conteúdo era não causar um desconforto entre os clubes, nem mesmo ultrapassar os limites legais.

“Quando a foto vazou, identificamos na hora o potencial viral. A oportunidade estava na cara do gol, era só chutar e correr pro abraço. Mas quando se trata de ‘provocar’ jogadores/rivais o tema é sempre delicado. Discuti algumas outras ideias com a minha equipe, tomando cuidado para não causar um desconforto com os clubes envolvidos e também com a questão ética pra evitar correr o risco de ultrapassar os limites legais”, disse Guilherme Durante, Coordenador de Marketing e E-commerce na ESM Sports Business, responsável pelos conteúdo dos perfis da Shop Timão, em entrevista exclusiva ao MKTEsportivo.

“O fato da personalização da camisa ficar disponível para a venda exatamente no dia seguinte do vazamento calhou perfeitamente, então encontramos essa solução mais sugestiva, sem se comprometer diretamente, seguindo essa linha de que “Todo mundo quer a nova camisa personalizada com o seu nome”, instigando o próprio público a fazer o conexão e comprar a ideia sobre a camisa do Gabriel. Montamos o material e soltamos. E aí decolou”, acrescentou.

Postagem furou a bolha do futebol e viralizou

Apesar de uma ideia simples, mas muito bem executada, a publicação acabou sendo destaque também em outros segmentos. Perfis que não abordam a temática esportiva acabaram comentando o fato, ampliando o alcance da iniciativa. Para os profissionais envolvidos, apesar de imaginar um alto engajamento pelo tema e personagens da história, “furar a bolha” não era algo esperado.

“Já imaginávamos que teria um alto engajamento por ter uma pitada de polêmica, mas tomou uma proporção maior do que esperávamos, virando pauta em programas esportivos na televisão e principalmente quando furou a bolha. Foi bem gratificante, comprovou que foi uma boa jogada de marketing que trouxe um ótimo retorno orgânico. Foi uma ideia simples, mas bem executada, mérito total da equipe. Reforçou a importância de estarmos sempre atento às oportunidades”, destacou Guilherme.

“Não [era esperado furar a bolha]! Acreditávamos que poderia ter um barulho ali e reverberar para um ambiente corintiano, mas a proporção foi bem maior do que imaginávamos. Quando olhamos na sexta, todos os posts de esporte do Instagram, estavam falando sobre o assunto. Os portais também começaram a replicar numa velocidade absurda. E quando nos deparamos, estávamos na Choquei, nos Donos da Bola (ao vivo) e no site português A Bola”, completou Thiago Bessa, Gerente Comercial de Futebol na Netshoes, responsável pela operação da Shop Timão, ao MKTEsportivo.

O impacto em números

Com exclusividade, o MKTEsportivo teve acesso aos números. O perfil do Instagram da Shop Timão registrou um aumento de 1500% de visitas, além de um incremento de 838% e 455% em interações e impressões na rede, respectivamente.

No X, um crescimento incrível de 19.500% em impressões, e +2.200% de compartilhamentos em comparação com a média do perfil na plataforma.

No e-commerce, mais de uma conversão por minuto na primeira hora após a publicação. Além disso, um pico de usuários ativos no site 7x maior do que o mesmo registra normalmente, além de superar em 2,5x o volume da data de lançamento da camisa, que foi um sucesso de vendas entre os torcedores.

Pelo seu lado, a Netshoes destaca que esperava um impacto natural em vendas pela abertura da possibilidade de personalização da nova camisa, que conta com uma fonte exclusiva. No entanto, o post acabou impulsionando as vendas em todo o grupo.

“Esperávamos uma melhora natural, pela chegada da personalização, mas o que vimos foi um fenômeno bem maior. O produto acabou sendo o líder em vendas do dia, em todo grupo Netshoes, com uma receita 224% superior a semana anterior e 364% superior ao dia anterior”, detalhou Thiago.

“Vimos a receita diária se igualar com o a receita período do lançamento da camisa, que foi há 3 semanas. Tínhamos certeza de que a venda seria expressiva por conta da personalização já ser um produto de desejo dos consumidores, mas aliado ao buzz, superou as expectativas. Chegamos a ter mais de uma conversão por minuto na primeira hora após a publicação, foi fora da curva. Agora o próximo objetivo é qualificar todo o público novo que chegou através do viral”, finalizou Guilherme.

Compartilhe