Atletas

Atletas se unem a Intimus para falar de progresso feminino e estigmas da menstruação

A ação chancela o posicionamento “Menstruada ou não, ela pode”, incentivando mulheres em diferentes áreas de atuação a compartilharem o progresso de suas vidas

Atletas se unem a Intimus para falar de progresso feminino e estigmas da menstruação
Foto: Camila Svenson

21 de junho de 2024

4 minutos de Leitura

O novo projeto ‘Movimentos de Progresso’, da Intimus, marca de cuidados femininos, reforça o lema “Não chegamos tão longe para parar aqui”. A ação global divulgada em janeiro, chancela o posicionamento “Menstruada ou não, ela pode”, incentivando mulheres em diferentes áreas de atuação a compartilharem o progresso de suas vidas.

Inspirada pela história da judoca Sarah Menezes, que ganhou uma das principais medalhas do judô brasileiro estando menstruada, e aproveitando o movimento de conversa em torno desse esporte majoritariamente masculino, a empresa em parceria com a agência criativa SOKO, questiona os estigmas colocados pela sociedade referentes à menstruação.

“Temos como propósito atuar em prol do progresso feminino; por isso, a menstruação não deve ser um obstáculo e um estigma que atrapalhe a mulher de fazer o que ela quiser e de se destacar na sociedade. Em um momento em que várias atletas, mais uma vez, estão mostrando sua força e disciplina, queremos reforçar o protagonismo delas e dar luz às histórias para compartilhar momentos de superação e inspirar tantas outras meninas e mulheres”, afirma Maria Claudia Toffoli, diretora de Marketing para a categoria Feminino e Adulto da Kimberly-Clark América Latina.

“Cada mulher lida de uma maneira diferente com o ciclo; algumas têm dores e indisposição para praticar atividade física nesse período. Mas, se você estiver se sentindo bem, sem dor e com acesso a absorventes, treinar e competir menstruada não tem nada demais. E, quanto mais a gente normaliza isso, mais meninas continuam nos esportes. Por isso, com esse projeto, vamos contra histórias reais de atletas que, menstruadas ou não, superaram os obstáculos para alcançarem seus objetivos dentro de quadra ou em qualquer ambiente esportivo”, destaca Marisa Cazassa, gerente executiva de Marketing da Kimberly-Clark no Brasil. 

Após o pontapé inicial, a ginasta Rebeca Andrade entra na ação compartilhando histórias que já viveu ao longo da carreira como campeã mundial e os estigmas enfrentados ao longo de sua carreira, trazendo ainda mais potência à campanha por meio das redes sociais.

“Muitas meninas deixam de praticar esporte quando estão menstruadas, porque existem ainda muitos estigmas em torno de algo que é simplesmente natural. Meninas e mulheres menstruam e podem sim seguir treinando e praticando esporte quando estão em seus períodos. Por isso, o movimento que Intimus® promove e do qual eu fiz questão de fazer parte contribui para normalizar o fato de que menstruar faz parte, e podemos sim seguir com as nossas atividades durante a menstruação”, conta Rebeca.

Além dela, outras atletas se juntam ao movimento para contar as próprias histórias: a skatista Karen Jonz e a surfista Chloé Calmon irão compartilhar histórias exclusivas das trajetórias delas visando incentivar outras mulheres, de outros espaços, compartilhando movimentos para o progresso e combatendo os estigmas que sofreram da sociedade.

“Poder falar de menstruação abertamente dentro de espaços majoritariamente masculinos e provar que ela não é um impeditivo para o nosso progresso é revolucionário. Por isso, a história da Sarah foi a nossa grande referência e inspiração na campanha”, conta Nayara Lima, líder criativa do projeto da agência SOKO.

Para maior amplificação, um time de influenciadoras se junta ao projeto, como a embaixadora da marca, Bibi Tatto, além de nomes, como Camila Pudim, Rafa Moreira, Gabie Fernandes, Vih Bueno, entre outras, que irão compartilhar histórias de progresso, e ao final cada uma convida a própria base de seguidores para entrar nesse movimento.

Compartilhe