Inovação

Focado no meio ambiente, Time Brasil não utilizará papel e andará de bicicleta em Paris

Atletas e oficiais da delegação poderão usar transporte sustentável durante os Jogos e terão squeezes para beber água

Focado no meio ambiente, Time Brasil não utilizará papel e andará de bicicleta em Paris
Foto: Rafael Bello - COB

24 de junho de 2024

3 minutos de Leitura

Faltando pouco mais de um mês para os Jogos Olímpicos Paris 2024, o Comitê Olímpico do Brasil (COB) segue com foco na sustentabilidade e, por isso, além das ações que vem realizando nos últimos Jogos, como a zerar o papel na montagem de malas e encerrar o uso de copos descartáveis de água, vai disponibilizar 70 bicicletas para o uso de atletas e oficiais do Time Brasil na França.

Os atletas só poderão usar as bicicletas dentro da Vila Olímpica. Os oficiais do Time Brasil, porém, poderão usá-las como meio de transporte entre hotel, a sede em St. Ouen e a Vila Olímpica, além das bases de apoio de Marselha (vela) e Seine et Marne (canoagem e remo). Como uma forma de tornar o percurso mais sustentável.

“A proposta das bicicletas é ter um deslocamento mais sustentável. Como estamos bem próximos à Vila, e nas outras subsedes o deslocamento até o local de competição também é bem próximo, a gente preferiu o plano de bicicletas. Isso diminui o número de veículos que estamos contratando”, disse Ney Wilson, diretor de Alto Rendimento e subchefe da Missão Paris 2024, lembrando que a maior parte do deslocamento também será feita por transporte público.

A sustentabilidade tem sido um dos focos do COB no ciclo olímpico. Nos Jogos Pan-Americanos de Santiago, no ano passado, por exemplo, duas iniciativas da área de uniformes se destacaram. Ao trocar folhas de papel pelo uso de QR Codes no envio dos uniformes, a entidade deixou de utilizar cerca de 50kg de papel. Além disso, com a opção por ecobags em vez de sacos plásticos nos kits de envio de viagem e de desfile, foram poupados aproximadamente 120kg de sacolas.

“É uma iniciativa de toda a área do COB, de sempre pensar e trabalhar em projetos que visem à questão da sustentabilidade. Sempre preocupados com o meio-ambiente como um todo”, explicou Katherine Campos, da área de uniformes.

Em Paris, o comitê distribuirá squeezes e disponibilizará bebedouros para que os atletas não tenham que usar copos descartáveis de água, diminuindo a quantidade de plástico na Missão. Também haverá um programa de descarte sustentável, em parceria com a prefeitura de St. Ouen, uma das sedes do COB nos Jogos.

“Em cada instalação, estamos colocando lixeiras muito grandes para lixos recicláveis. Vamos dar o destino correto desse lixo. Temos parceria com a cidade de St. Ouen, também, com descarte eficiente do lixo”, afirmou João Gabriel Pinheiro, integrante da área de logística do COB.

Compartilhe