Licenciamento

Technos lança edição especial em homenagem à lenda da vela brasileira Torben Grael

A coleção Technos Acqua chega aos pontos de venda em junho, com cinco modelos inéditos que celebram as medalhas conquistadas pelo atleta

Technos lança edição especial em homenagem à lenda da vela brasileira Torben Grael
Foto: Divulgação

14 de junho de 2024

2 minutos de Leitura

Honrando a tradição de eternizar a trajetória de ícones brasileiros, a Technos, empresa do segmento de relógios, lança a coleção Technos Acqua em homenagem ao velejador Torben Grael. O acervo, assinado pelo velejador, estará disponível a partir de junho em lojas selecionadas e no site oficial da marca.

Com um currículo inspirador, o atleta olímpico acumula diversas conquistas, como seis campeonatos mundiais, 12 títulos continentais e 45 campeonatos brasileiros, além de já ter vencido a desafiadora regata de volta ao mundo, percorrendo 57 mil quilômetros.

Integrante do hall da fama da vela, sua paixão e determinação em alcançar a excelência fizeram dele o maior medalhista e um dos maiores esportistas da história do Brasil. Seguindo os bons ventos e a paixão pelas águas, a tradição passou de pai para filho e fez com que todas as gerações da família se tornassem extremamente vitoriosas.

Com cinco medalhas, Torben Grael fez história, trazendo dois ouros, uma prata e dois bronzes para o Brasil. Inspirada nessas medalhas, as mais importantes da carreira do Torben, a Technos Acqua é composta por cinco modelos, cada um simbolizando uma medalha conquistada pelo velejador ao longo dos anos. Cada modelo vem acompanhado de uma medalha comemorativa, que simboliza aquela conquista.

Assim, a coleção será composta por uma edição em banho prateado, representando a medalha de prata que Torben conquistou nos Estados Unidos em 1984; dois modelos em banho rosé, representando as medalhas de bronze da Coréia do Sul em 1988 e da Austrália em 1996; e dois modelos em dourado, representando as duas medalhas de ouro conquistadas para o Brasil, nos Estados Unidos em 1996 e na Grécia, em 2004.

Além de acompanhar uma medalha comemorativa, cada relógio terá seu caseback (fundo do relógio) assinado pelo atleta, tornando-os verdadeiras obras de arte para os entusiastas da vela.

Compartilhe