Indústria

Após deixar o Coritiba, Carlos Amodeo é o novo CEO do Vasco

O executivo terá a companhia de Raphael Vianna, que assumirá como diretor financeiro

Após deixar o Coritiba, Carlos Amodeo é o novo CEO do Vasco

09 de julho de 2024

2 minutos de Leitura

Após deixar o Coritiba na última semana, Carlos Amodeo foi anunciado como novo CEO do Vasco. O executivo terá a companhia de Raphael Vianna, que assumirá como diretor financeiro.

Ambos terão um grande desafio pela frente, uma vez que o Vasco enfrenta um dos períodos mais conturbados de sua história, em meio à saída da 777 Partners, que adquiriu 70% da SAF do clube em 2022. Recentemente, o presidente do Vasco, ex-jogador Pedrinho, declarou que o grupo não administra mais clubes de futebol.

“Com uma sólida experiência em gestão corporativa, além de carregar no currículo a atuação como CEO do Grêmio e Coritiba, o advogado Carlos Amodeo foi reconhecido com o melhor CEO de clubes de futebol, em 2018 e 2019, pelo Conafut. Raphael Vianna, por sua vez, é executivo com mais de 25 anos de experiência em finanças e sua última experiência foi como Diretor Financeiro do Cruzeiro SAF, onde liderou o processo de reestruturação financeira e captação de recursos do clube”, afirma a publicação feita pelo Vasco ao anunciar a chegada dos profissionais.

Além da passagem pelo Coritiba, Amodeo também foi CEO do Grêmio de 2017 até 2022.

Abaixo, a nota completa do Vasco:

O Vasco da Gama informa a chegada de dois novos profissionais para compor a Diretoria Administrativa da SAF. Carlos Amodeo será o novo CEO e Raphael Vianna assumirá o cargo de CFO.

Com uma sólida experiência em gestão corporativa, além de carregar no currículo a atuação como CEO do Grêmio e Coritiba, o advogado Carlos Amodeo foi reconhecido com o melhor CEO de clubes de futebol, em 2018 e 2019, pelo Conafut.

Raphael Vianna, por sua vez, é executivo com mais de 25 anos de experiência em finanças e sua última experiência foi como Diretor Financeiro do Cruzeiro SAF, onde liderou o processo de reestruturação financeira e captação de recursos do clube.

Os profissionais chegam ao Gigante da Colina para qualificar a gestão corporativa e área de negócios da SAF.

Compartilhe