Atletas

NBA aumenta teto salarial de 2024/25 para US$ 140,6 milhões

O limite definido é 3,4% maior do que o valor de US$ 136 milhões do último ano

NBA aumenta teto salarial de 2024/25 para US$ 140,6 milhões
Foto: AFP

03 de julho de 2024

1 minutos de Leitura

A NBA definiu o teto salarial para a temporada 2024/25 em US$ 140,6 milhões. Com baixo aumento neste ano, a liga verá seu crescimento salarial de longo prazo superar o de outros esportes norte-americanos.

Este novo valor trata-se de uma leve redução em relação à atualização de janeiro, que fixou o salário em US$ 141 milhões. O limite definido é 3,4% maior do que o valor de US$ 136 milhões do último ano.

O salário mínimo da equipe será de US$ 126,5 milhões, o que representa 90% do teto salarial. Ainda assim, a liga de basquete fica muito atrás do salário mínimo em comparação com a NFL, que para 2024/25, garantiu o valor em cerca de US$ 255 milhões.

A próxima temporada provavelmente será a última sem um aumento de 10% no teto salarial, com a liga prestes a assinar os novos acordos de TV.

Há dez anos, o teto estava fixado em US$ 63 milhões, 123% menor do que o do próximo ano. Em 2016, houve um aumento de US$ 70 milhões para US$ 94 milhões, e pós-pandemia, de pouco mais de US$ 100 milhões para US$ 124 milhões em 2022.

Compartilhe