Patrocínio

Le Coq Sportif é a nova fornecedora de material esportivo do Atlético

Acordo com a francesa foi oficializado hoje pelo clube mineiro

24 fev, 2019

Após garantir o retorno do Banco BMG ao espaço máster de sua camisa, o Atlético-MG oficializou hoje a troca de fornecedor de material esportivo. A Topper, que chegou ao clube em 2016 e tinha contrato válido até o final de 2020, deixará o uniforme atleticano e será substituída pela Le Coq Sportif.




Espera-se que os novos uniformes fruto da parceria sejam lançados até abril. Resta saber, no entanto, quando a rescisão com a Topper será concretizada. Coincidentemente, o galo também é símbolo da marca francesa. Segundo reportagem do GloboEsporte, ainda que a Kappa estivesse no páreo, pesou a sinergia de “mascotes” entre as partes.

Ao que se sabe, a Topper enfrentava dificuldades de distribuição dos seus produtos, o que vinha desagradando aos dirigentes atleticanos. A terceirização por parte da brasileira não interessava ao clube.

O Galo marcará o retorno da Le Coq Sportif ao futebol brasileiro, tendo patrocinado ao longo da sua história times como Paraná, São Paulo, Atlético/PR, Fluminense, Internacional, Sport e Fluminense. Na década de 80, ela foi parceira da Seleção Italiana, campeã da Copa de 1982, e quatro anos depois marcou época ao estampar a camisa da Argentina que, liderada por Diego Maradona, conquistou o Mundial daquele ano.

Atualmente, no futebol europeu, a LeCoq figura nos mantos da Fiorentina e Saint-Étienne. Na América do Sul, está com o Gimnasia La Plata, da Argentina, há duas temporadas.