Indústria

Cannes premia ação da Uber com goleiro do Athletico

A iniciativa batizada de ‘Goleiro Distraído’ ganhou sete Leões

24 jun, 2019

O Brasil terminou o Festival Internacional de Criatividade de Cannes, o maior evento da publicidade mundial, com 85 Leões. O total conquistado foi inferior ao da edição de 2018, quando as agências brasileiras trouxeram para casa 101 prêmios.

A iniciativa da Uber batizada de ‘Distracted Goalkepper‘ (‘Goleiro Distraído’, em tradução livre), desenvolvida pela agência Tech and Soul, ganhou sete Leões (2 de Prata e 5 de Bronze), nas categorias Media, Brand Experience & Activation, Entertainment Lions for Sport, PR, Direct e Outdoor. A ação da empresa de mobilidade, parceira oficial do Athletico Paranaense, teve como protagonista o goleiro Santos, que pegou o celular durante o minuto de silêncio e o deixou rapidamente de lado após o apito inicial

Santos foi flagrado pelas câmeras de transmissão e viralizou nas redes sociais. O que ninguém sabia era que se tratava de uma ação por ocasião do ‘Maio Amarelo‘ e tinha como objetivo mostrar que um goleiro segurar um celular durante um jogo é tão irresponsável quanto um cidadão mexer no celular enquanto dirige.

“O que eu fiz em campo é igual ao que milhares de pessoas fazem todos os dias no carro. Só que se envolver em um acidente de trânsito é muito mais perigoso do que tomar um gol”, afirmou Santos na época.

No dia seguinte, o Athletico convocou uma coletiva para explicar a situação. Isso não impediu que o clube fosse puni pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva em R$ 50 mil e o arqueiro ser suspenso por um jogo. Além de Cannes, a campanha também conquistou o prêmio na categoria eventos e publicidade do New York Festivals International Adversiting Awards de 2019.