Indústria

Major League Soccer oficializa o Austin FC como sua 27ª equipe

Franquia já fez história ao ser a primeira da cidade entre as cinco principais ligas esportivas do país

16 jan, 2019

A Major League Soccer oficializou ontem o Austin FC como a sua 27ª equipe. A equipe iniciará sua trajetória na liga a partir de 2021 e mandará seus jogos em um estádio com capacidade para 20 mil torcedores, conforme destacado pelo MKTEsportivo em dezembro.

A equipe será de propriedade majoritária da Precourt Sports Ventures (PSV), mas o investidor, Anthony Precourt, proveniente da Califórnia, já afirmou que planeja anunciar os investidores locais em breve. O Austin FC já entrou para a história como a primeira franquia profissional da cidade entre as cinco principais ligas esportivas americanas. Enquanto o FC Dallas e o Houston Dynamo perderam força no decorrer dos anos, a MLS já se mostra otimista com o futuro desempenho da nova equipe.

“Austin pode estar no Texas, mas certamente parece muito diferente de qualquer outra cidade do estado. É sempre bom ser o primeiro em qualquer coisa que você faz”, disse Don Garber, comissário da liga. “Acho que nosso otimismo sobre o sucesso deste clube vai levar outras ligas a começar a pensar em Austin. A cidade está crescendo tão rapidamente e tem uma importância política e estratégica para o que está acontecendo em nossa economia e em todo o nosso país”, completou.

Após o anúncio, os funcionários do Austin FC começaram a cumprir a promessa de movimentar US$ 36 milhões em benefícios para a comunidade. A equipe vai sediar 10 clínicas anuais de futebol juvenil para 500 participantes, incluindo 30 inscrições gratuitas, além de conceder bolsas de estudo para 30 meninas e meninos em clubes de futebol juvenil de Austin. Precourt aproveitou o evento de lançamento para anunciar que pretende construir uma academia para jovens de até 15 anos até o final deste ano. O ex-jogador da MLS, Tyson Wahl, foi contratado como gerente geral e tocará o projeto.

“No final do dia, isso não se trata apenas de ser um negócio. Trata-se de fazer o bem para a comunidade e ser um elemento unificador da cidade. Austin tem tantas coisas incríveis acontecendo culturalmente, e achamos que esportes de primeira linha acrescentam um elemento único”, exaltou Precourt.

O Austin FC terá agora dois anos para construir o seu estádio. Embora o primeiro jogo oficial esteja longe de ocorrer, o empresário já afirmou ter em mente o time que gostaria de ver em campo.

A MLS afirma que são necessários três aspectos prioritários para isso: a existência de um grupo investidor local, existência de um mercado com interesse em futebol e outros esportes, que seja atraente aos patrocinadores e emissoras de TV, e o projeto de um estádio que seja chamativo para o público.