Patrocínio

Ajinomoto apresenta time olímpico para Tóquio 2020

Parceira do COB, CPB e da Federação Paulista de Judô, empresa amplia investimento no esporte

3 jul, 2019

Parceira oficial do Comitê Olímpico e Paralímpico do Brasil, a Ajinomoto apresentou oficialmente o Projeto Vitória, que oferece suporte no que diz respeito à nutrição e aos benefícios da ingestão de aminoácidos para atletas de alto rendimento. Esse programa já existe no Japão, em parceria com o Comitê Olímpico Japonês, desde 2003, e agora está sendo implementado no Brasil.

Além do projeto, a companhia também apresentou o Time Ajinomoto, que contará com o ginasta Arthur Nory; Rafael Silva (Baby), do judô; Ana Marcela Cunha, da maratona aquática; Rosangela Santos, do atletismo; Valéria Kumizaki, do karatê e os paratletas Caio Pereira, do arremesso de peso, e Verônica Hipólito, do atletismo. Os esportistas passam a receber suporte nutricional da empresa, que é líder mundial em aminoácidos, até o fim dos ciclos olímpico e paralímpico, em dezembro do próximo ano.

“Vamos utilizar nossa experiência bem-sucedida no Japão para contribuir com os atletas brasileiros. Como especialistas em nutrição e aminoácidos, podemos traduzir na prática nossa mensagem corporativa que é ‘Alimente-se Bem, Viva Bem’”, disse Priscila Santana, gerente de Comunicação da Ajinomoto do Brasil.

Em março, a Ajinomoto já havia anunciado uma parceria oficial com o Comitê Olímpico do Brasil (COB) e, posteriormente, com o Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB). Os acordos serão válidos até dezembro de 2020. Além disso, a empresa é parceria da Federação Paulista de Judô desde 2015.

“Essas são as primeiras iniciativas do Projeto Vitória no Brasil. Queremos estar cada vez mais próximos dos atletas e paratletas não só em Tóquio, mas também nos próximos Jogos Olímpicos e Paralímpicos. Se conseguirmos ajudar no aumento do número de medalhas de nossas delegações, assim como aconteceu no Japão, aí nossa alegria estará completa!”, completou Priscila.