Indústria

Cidades afirmam que pandemia terá impacto negativo no mercado de eventos esportivos

Pesquisa aponta que haverá uma profunda mudança no hábito de realizar competições

13 abr, 2020

De acordo com uma pesquisa desenvolvida pela BCW Sports, braço esportivo da empresa de relações públicas Burson Cohn & Wolfe, sedes dos principais eventos esportivos do mundo acreditam que a pandemia do coronavírus terá um relevante impacto no mercado de eventos esportivos para os próximos anos.

No final de março, a BCW entrevistou cem representantes de cidades-sedes de eventos esportivos. Em sua maioria, eles afirmaram que o covid-19 fará com que esta frente do mercado sofra perdas consideráveis este ano, com reflexos levados para 2021.

Para 84% dos entrevistados, em 2020 a pandemia causará impactos negativos nos eventos esportivos. A partir do ano que vem, 58% considera que ainda haverá menor impacto negativo, enquanto 25% acham que ele continuará a ser muito grave, com muitos cancelamentos. As cidades também acreditam que haverá uma mudança no hábito de realizar eventos. Para 37%, haverá uma queda na realização de eventos internacionais.

Por outro lado, uma parte das cidades (12%) acredita que pode crescer a realização de eventos locais, incentivados pelo fim da pandemia e desejo da população de ter entretenimento. Por fim, a pesquisa da BCW Sports ainda aponta que as cidades confiam que haverá menos apoio popular para realizar grandes eventos após a normalização das atividades.