Indústria

Nike Shox deixa o Brasil e ganha homenagem da Centauro

O modelo, que se manteve firme no mercado brasileiro por quase 20 anos, se tornou um dos mais vendidos da varejista esportiva

5 abr, 2021

Febre mundial no início dos anos 2000, o Nike Shox deixará de ser comercializado no Brasil em 2021. O modelo, que se manteve firme no mercado brasileiro por quase 20 anos, se tornou um dos mais vendidos pela Centauro e, desta maneira, ganhou uma homenagem da empresa.

Desde a última quinta-feira (1º), a Centauro passou a comercializar a última edição do Nike Shox R4. O Shox é o nome da tecnologia, R remete a running e 4 é o número de molas. Em tom de despedida, a rede criou uma página exclusiva para se despedir do modelo. Por meio ela, além do consumidor comprar o tênis, ele conhece a história e tem acesso a curiosidades sobre o modelo e sua trajetória junto à empresa.

“Temos 40 anos de vida, e o Nike Shox está conosco desde muito tempo nessa trajetória. Ele sempre será parte emotiva e fundamental não só da nossa jornada, mas da história e do estilo esportivo no Brasil. As molas aparentes caíram no gosto das pessoas e ao longo desse tempo são milhares de pares vendidos por ano aqui na Centauro. Não se trata apenas de um tênis, mas de um símbolo icônico que faz parte do lifestyle e de conexões emocionais de inúmeros clientes e, por isso, não poderíamos deixar de nos despedir e agradecer por essa longa parceria”, disse Gustavo Milo, gerente executivo de marketing da Centauro.

De acordo com a Centauro, devido à pandemia do coronavírus, a comercialização e as interações a respeito do assunto ocorrerão, inicialmente, apenas no ambiente digital.