Indústria

Sorare, especializada em fantasy e cards digitais, levanta US$ 680 milhões

A empresa, que tem entre os investidores a brasileira Go4It Capital, está agora avaliada em US$ 4.3 bilhões

21 set, 2021

A startup francesa Sorare, plataforma que mistura cards colecionáveis e fantasy game com o uso da tecnologia blockchain e dos tokens não-fungíveis, anunciou ter levantado US$ 680 milhões numa rodada de financiamento de Série B. Desta maneira, a empresa, que tem entre os investidores a brasileira Go4It Capital está agora avaliada em US$ 4.3 bilhões.

Agora, a Sorare deseja expandir a atuação para novos esportes, com um escritório nos Estados Unidos, além de maior investimento em campanhas de marketing. Desde janeiro, foram negociados US$ 150 milhões em cartões digitais na plataforma. Existem atualmente 600 mil usuários cadastrados, dos quais 150 mil têm atuado no comércio de cards mensalmente.

“Vimos o imenso potencial que o blockchain e os NFTs trouxeram para desbloquear uma nova maneira de os clubes de futebol, jogadores e seus fãs experimentarem uma conexão mais profunda uns com os outros. Estamos entusiasmados com o sucesso que vimos até agora, mas isso é apenas o começo. Acreditamos que esta é uma grande oportunidade para criar o próximo gigante do entretenimento esportivo, levando a Sorare a mais fãs de futebol e organizações, e para apresentar o mesmo modelo comprovado a outros esportes e fãs de esportes em todo o mundo”, comentou o cofundador e CEO da Sorare, Nicolas Julia.

A Sorare tem hoje contrato com cerca de 180 entidades de futebol, entre eles Real Madrid, Liverpool e Juventus, além de algumas ligas, como a LaLiga. A empresa criou um projeto de figuras digitais de atletas, comercializadas em NFTs, os tokens não fungíveis. O cartão digital do atleta é registrado como um token exclusivo no blockchain Ethereum, e o comércio de cards digitais fazem o negócio girar o dinheiro.