Raio-X comercial do F1 Grande Prêmio de São Paulo 2023

A corrida ocorrerá no domingo (5), a partir das 14h, com transmissão ao vivo pela Band, na TV aberta, e o serviço de streaming F1 TV

novembro 2, 2023

O Grande Prêmio de São Paulo de Fórmula 1 inicia a sua programação oficial na sexta-feira (3), com treinos livres da Fórmula 4, da Porsche GT3 Cup e da Porsche Carrera Cup.

A corrida de Fórmula 1 ocorrerá no domingo (5), a partir das 14h, com transmissão ao vivo pela Band, na TV aberta, e o serviço de streaming F1 TV, distribuído com exclusividade pela Claro no Brasil.

A edição deste ano do GP de São Paulo ficará marcada pela estreia da marca suíça de relógios Rolex como detentora dos namings rights da prova, no lugar da Heineken, notícia esta que o MKTEsportivo adiantou com exclusividade ao mercado.

Segundo dados da Fundação Getúlio Vargas (FGV) divulgados pela organização da prova, a edição do ano passado do GP de São Paulo injetou R$ 1,37 bilhão na economia da capital paulista, gerando R$ 206,4 milhões em tributos.

Em 2022, o evento atraiu 235.617 pessoas ao autódromo, sendo que 70,2% eram de fora da cidade de São Paulo (45,5% de outros estados e 4,6% do exterior). A presença de mulheres em Interlagos passou de 20,7%, em 2021, para 36,4%, no ano passado.

Por fim, ainda no ano passado, o evento gerou US$ 448,6 milhões em retorno de mídia para a cidade de São Paulo.

Embratel

Embratel, fornecedora oficial de Telecomunicações e TI do GP São Paulo de F1, irá habilitar o ecossistema digital do evento com soluções digitais aliadas com a tecnologia da Claro.

Este ano, em uma das etapas mais aguardadas da competição, a Embratel entregará um alto nível em tecnologia integrada nas plataformas fixa, móvel e de soluções digitais, atendendo a alta qualidade de serviços e soluções demandada pelo GP.

Com isso, o público presente terá uma experiência diferenciada com rede móvel com alta velocidade em transmissão de dados e vídeos.

A Embratel também fará a entrega de suas soluções para a interconexão do autódromo a um Data Center para viabilizar o tráfego ágil e estável de grande volume de dados. A Embratel ainda fornecerá rede Wi-Fi para Sala de Imprensa e para a Sala de Fotos.

Esta será a 17ª vez que conta com a Embratel como parceira tecnológica estratégica. 

Iniciativas da Claro

A Claro usará o Grande Prêmio São Paulo para ativar clientes e envelopar uma loja da marca na capital paulista. A empresa, que é operadora oficial do GP, montou uma série de ações especiais para o fã e cliente da empresa, aproveitando o final de semana de realização do GP para criar ações de relacionamento.

Por meio da Embratel, a empresa disponibilizou centenas de ingressos do GP de São Paulo para serem resgatados no Claro clube, programa de relacionamento da operadora.

A plataforma permite que os clientes acumulem pontos e troquem por experiências e benefícios. Por meio do site oficial do programa, o cliente resgata o benefício do ingresso para acompanhar a etapa brasileira.

Os ingressos são para o treino livre (sexta-feira), sprint race (sábado) e para a corrida principal (domingo) e garantem entrada na arquibancada R, com visão privilegiada do Autódromo de Interlagos e do “S do Senna”.

A arquibancada R ainda contará com a distribuição de brindes e com um o “Palco Claro”, onde irão se apresentar DJs e bandas de pagode e MPB.

A segunda edição do Heineken Village

Mesmo deixando os naming rights do GP de São Paulo, a Heineken marcará presença novamente com um espaço exclusivo.

O Heineken Village, espaço de 30 mil metros quadrados, em formato de estrela (principal símbolo da marca), volta em 2023 e que permitirá aos visitantes acompanharem à prova a 30 metros da pista.

A área premium, localizada dentro da estrela, contará com com alimentação finger food e open bar com Heineken inclusos. O Heineken Village terá ainda shows musicais, DJs e lojas com produtos oficiais da F1.

O espaço ainda contará com a terceira edição do Player 0.0.

Heineken Village

Os patrocinadores do GP de São Paulo

A lista das marcas parceiras do GP de São Paulo de Fórmula 1 2023 conta com Rolex (naming rights), Porto Seguro Bank, Mubadala, Claro e Raízen.

Entre os apoiadores do evento estão a Sancta Maggiore (do Grupo Prevent Senior, com o serviço médico oficial), Gerdau (fornecedor de aço) e Embratel (telecomunicações e TI).

Na área de sustentabilidade, a Lwart Soluções Ambientais ficará responsável pela coleta do óleo lubrificante usado dos carros, que será depois encaminhado para reciclagem. Para este ano, a meta do GP de São Paulo é ultrapassar o índice de 100% de neutralização de gases do efeito estufa emitidos durante o evento.

As compensações ambientais serão realizadas por meio de parcerias com a Greener, que cederá unidades de estoque de carbono destinados à preservação da Floresta Amazônica, e o Grupo Solví, pela plataforma SMARTie Carbon, que fornecerá créditos de carbono gerados pelo tratamento e valorização de resíduos na Unidade de Valorização de Resíduo (UVS) Caieiras.

Compartilhe: