Futebol

Clubes da Libra se reúnem em São Paulo e avançam em negociações com Globo

Nove times da Série A do Brasileirão têm em mãos proposta de R$ 1,5 bilhão por acordo de cinco anos em TV aberta e fechada

Clubes da Libra se reúnem em São Paulo e avançam em negociações com Globo

07 de fevereiro de 2024

2 minutos de Leitura

Os clubes que integram a Liga do Futebol Brasileiro (Libra) optaram por dar continuidade às negociações para a venda dos direitos de transmissão na TV aberta e fechada com o Grupo Globo. São R$ 1,3 bilhão por ano em um acordo válido por cinco temporadas, de 2025 a 2029, para exibição dos jogos pelo Brasileirão.

A divisão seria: 40% de maneira igualitária entre os times, 30% por desempenho e 30% através de engajamento e número de jogos transmitidos.

De acordo com a Libra. “este é um importante passo no processo de formação de uma liga nacional, que contemple as 40 equipes das Séries A e B do Campeonato Brasileiro”.

“Foi uma reunião muito produtiva, em que analisamos diversos formatos para seguir em frente. De forma conjunta, optamos por avançar com a proposta da Rede Globo, parceira histórica do futebol brasileiro, e que já se encontra em estágio avançado de negociação”, comentou Julio Casares, presidente do São Paulo e membro do comitê de negociação da Libra.

Atualmente, o bloco conta com 19 clubes: ABC, Atlético-MG, Bahia, Brusque, Corinthians, Flamengo, Grêmio, Guarani, Ituano, Mirassol, Novorizontino, Palmeiras, Paysandu, Ponte Preta, Red Bull Bragantino, Sampaio Corrêa, Santos, São Paulo e Vitória.

“Queremos reforçar nosso objetivo principal, que é a criação de uma liga inédita no Brasil envolvendo os 40 clubes das duas primeiras divisões. Escolhemos o caminho que acreditamos ser aquele que mais contribuirá neste processo. As condições colocadas na mesa durante as negociações apontam nesta direção”, acrescentou Bruno Muzzi, CEO do Atlético-MG.

No modelo atual, a Globo paga R$ 1,5 bilhão pelos direitos para as TVs aberta e fechada, valor dividido pelos 20 clubes que disputam a elite do futebol brasileiro.

Compartilhe