O retorno obtido por Usher após se apresentar no Super Bowl LVIII

O cantor aproveitou para promover o lançamento do seu novo disco, "Coming Home", e da sua nova turnê, a “Past, Present, Future”

fevereiro 13, 2024

Sim, a NFL não paga cachê para quem se apresenta no badalado intervalo do Super Bowl. A liga dá ao artista um orçamento de US$ 15 milhões “apenas” para cobrir os custos de viagem e produção, isso envolve aproximadamente 3 mil trabalhadores para subir estrutura de palco, luzes, efeitos, bem como seguranças e o marketing envolvido.

Naturalmente, muitos artistas desejam se destacar ainda mais. The Weekend e Dr. Dre, por exemplo, gastaram até US$ 7 milhões dos próprios bolsos buscando fazer história.

Neste ano, Usher foi o grande protagonista da noite e viu seus números dispararem. O cantor aproveitou sua presença no show do Super Bowl LVIII para promover o lançamento do seu novo disco, “Coming Home”, e da sua nova turnê, a “Past, Present, Future”. E os resultados foram imediatos.

Seus streams no Spotify aumentaram 550%, com destaque para a música Caught up, que registrou um aumento de 2.000%. Já os preços dos ingressos para os seus shows aumentaram 40%, com um volume de 38% vendido após o artista figurar no palco da partida.

Shw do intervalo foi o mais assistido da história

Uma média de 129.3 milhões de pessoas assistiram ao show de Usher no intervalo do Super Bowl LVIII. Recorde histórico da partida.

Trata-se de um aumento de 7% em relação ao recorde anterior, de Rihanna, vista por 121 milhões no intervalo do ano passado.

Compartilhe: