Indústria

Cartola FC cresce em usuários e Globo comemora retorno financeiro

Cerca de 433 mil pessoas pagam a assinatura do fantasy, que conta com 8.6 milhões de times

18 set, 2019

Terminado o primeiro turno do Campeonato Brasileiro, a Globo aproveitou o período para fazer um balanço desta nova fase do Cartola FC. De acordo com matéria assinada pelo jornalista Leandro Carneiro para o blog Mitando FC, foram mais de 433 mil pessoas pagando assinatura do fantasy da plataforma e 8.6 milhões de times criados (entre perfis pagos e gratuitos). O montante reverteu em aproximadamente R$ 17.3 milhões para a emissora.

Ainda segundo a publicação, o faturamento pode ser superior, já que alguns usuários pagaram o pacote mais caro para fazer parte do game por não ter assinado no ano anterior. A base atual representa um incremento de cerca de 10 mil torcedores em relação ao que a Globo conseguiu em 2018. À época, 424 mil aderiram à versão PRO, número 26% maior do que em 2017.

Um fato que pode ter “atrapalhado” resultados melhores é que a versão 2019 do Cartola iniciou sem o Palmeiras. Como ele funciona de acordo com os direitos contratados junto aos clubes da Série A e o alviverde demorou a fechar com o canal, o jogo não tinha autorização de utilizar nada do Palmeiras. As partidas que tinham o time paulista eram válidas para o fantasy, porém os usuários só podiam escalar jogadores dos adversários palmeirenses rodada a rodada. Tudo mudou com a assinatura do acordo.

Importante lembrar que o Cartola está dentro do pacote comercial da Globo para cotistas do futebol, custando cerca de R$ 12 milhões. Esse ano, o game traz aportes da Chevrolet, Itaú, Casas Bahia e Brahma entre outras marcas.