Futebol

Federação Espanhola promete injeção de € 500 milhões aos clubes

Objetivo é prestar um suporte para as equipes que estão com o calendário suspenso no futebol espanhol

26 mar, 2020

A Federação Espanhola de Futebol (RFEF) anunciou um plano de suporte de € 500 milhões para ajudar os clubes das duas principais divisões de futebol do país com questões financeiras por conta da paralisação devido à pandemia do coronavírus. Trata-se de uma iniciativa que segue um movimento já destacado pelo MKTEsportivo envolvendo clubes da Bundesliga.

“Queremos sentar com a LaLiga para conversar sobre os problemas que alguns clubes podem ter. Conversamos com vários bancos e podemos oferecer uma linha de crédito no valor de € 500 milhões clubes da primeira e da segunda divisão que estão com dificuldades e que podem ser reembolsados ​​nos próximos quatro, cinco ou seis anos. Minha mensagem é de união, esperança e disciplina. Todo o futebol, desde os modestos até as elites, deve enviar uma mensagem de solidariedade. Juntos, pararemos esse vírus”, disse Luis Rubiales, presidente da RFEF.

A LaLiga Santander, primeira divisão do futebol espanhol, foi suspensa no dia 12 de março e já calcula um elevado prejuízo. Em um comunicado recente, a liga declarou que não haverá retorno do futebol até o governo espanhol garantir que é seguro. A ajuda prometida pela Federação Espanhola cairá como uma luva aos clubes, afinal, sem calendário ativo, não há transmissão e, consequentemente, não há dinheiro para arcar com compromissos salariais.

“Acreditamos que é praticamente impossível retomar as competições no início de maio. Temos hospitais temporários sendo instalados em Madri e as unidades militares de emergência estão nas ruas”, finalizou Rubiales.