Botafogo-SP fecha parceria para compra de energia renovável e espera poupar 140 toneladas de CO2

Acordo faz parte da estratégia do clube paulista para atender os requisitos do Pacto Global da ONU

novembro 23, 2023

O Botafogo-SP anunciou o acordo com a Clarke Energia, startup que conecta fornecedores de energia renovável e cria um ciclo de abastecimento entre clubes, empresas e outros setores sem prejudicar o meio ambiente. Com a parceria, o Pantera espera deixar de produzir 140 toneladas de CO2 por ano.

Além de colaborar com a adoção de recursos sustentáveis, a agremiação espera reduzir em mais de 30% os gastos com energia.

Na prática, a instituição passará a comprar fontes de energia dentro da plataforma de parceiros que são certificados pela Clarke Energia. De acordo com Ferdinando Brito, diretor administrativo do clube, o projeto faz parte da estratégia do clube em se adaptar ao Pacto Global da ONU, certificado que exige uma série de metas relacionadas ao desenvolvimento sustentável.

“É uma preocupação que acho que todos os clubes devem ter. A partir de agora, o Botafogo-SP está inserido em um grupo importante, que visa promover ações para diminuir o impacto no meio ambiente e colaborar por um futuro mais sustentável. Internamente, temos um cronograma para aderir ao Pacto Global da ONU nos próximos anos, o que seria extremamente positivo do ponto de vista de marca”, comenta Ferdinando.

Um dos diferenciais da startup é que, enquanto gestoras tradicionais de energia oferecem todas as fontes a seus clientes, a Clarke faz questão de transacionar somente energia renovável, como eólica, de biomassa e de pequenas centrais hidrelétricas (PCHs).  O cliente não precisa se preocupar com qualquer investimento em infraestrutura, e pode acompanhar de perto toda a economia e redução de emissão dos gases estufa.

“Sabemos da importância que o esporte possui na vida das pessoas. E que, através dele, também é possível inserir discussões de impacto na sociedade, como a questão da sustentabilidade. Em uma partida de futebol, a gente sequer imagina quantas toneladas de C02 são emitidas, é preciso mudar essa realidade. E se tratando do Botafogo, um time que faz história, de imensa tradição no estado, a responsabilidade é imensa. A Clarke fica   extremamente   feliz   com   a   parceria,   que  demonstra esse alinhamento entre o esporte e o desenvolvimento sustentável”,  comenta Pedro Rio,  CEO e cofundador da Clarke Energia.

Compartilhe: