Indústria

Com portões fechados, FC Barcelona perderá € 6 milhões em dois jogos

Atuar sem torcida é uma medida de segurança contra a propagação do Covid-19, fruto de uma iniciativa do Ministério da Saúde espanhol

11 mar, 2020

Com portões fechados no futebol espanhol como medida de segurança contra a propagação do Covid-19, fruto de uma iniciativa do Ministério da Saúde do país, o Barcelona fez um balanço para mensurar suas perdas financeiras por ter que jogar duas partidas com portões fechados.

Leia também: Itália suspende competições nacionais até abril

Segundo o presidente do clube catalão, Josep Maria Bartomeu, o impacto financeiro será de cerca de € 6 milhões nos cofres pela ausência de público nos duelos contra o Napoli, na próxima quarta-feira (18), pela Champions League, e contra o Leganés, no domingo (22), pela LaLiga Santander.

O valor engloba os ingressos que o clube terá que devolver, incluindo o pacote de 5 mil entradas disponibilizadas aos torcedores do Napoli, que não poderão viajar à Espanha. O montante envolve também o lote de ingressos vendidos na hora (para turistas, principalmente) e o consumo de comidas e bebidas dentro do Camp Nou. Há uma indefinição do que será feito com os sócios-torcedores, que detém tickets para todos os jogos.

“Valorizaremos a parte da saúde e colaboraremos com as autoridades de saúde, embora exista um componente de perda econômica não apenas para o Barça mas para qualquer clube que tenha que jogar com portões fechados. Lamentamos profundamente como isso afeta os torcedores e fãs, mas se trata de uma situação extraordinária”, disse Bartomeu.

Na temporada passada, a venda nas bilheterias representou € 71.6 milhões aos cofres do Barça. Soma-se ao número aproximadamente € 22 milhões oriundos das áreas VIP e outros € 60.9 milhões pagos por associados, totalizando € 154.5 milhões.