Streaming

Athletico segue europeus e transmitirá partida pela Twitch

Para liberar o sinal, que estará também na Furacão Play, o clube embarca na liminar que obteve na Justiça

25 dez, 2020

O Athletico irá transmitir a sua partida contra o Vasco, na Arena da Baixada, às 18h15 deste domingo, na plataforma de streaming Twitch. O Furacão publicou um teaser em suas redes sociais acompanhado da hashtag #LivrePraTorcer para anunciar a novidade.




Desta maneira, o Athletico segue uma tendência que ganhou força no futebol durante a pandemia. O Olympique de Marseille, da Ligue 1, foi um que já transmitiu partidas ao vivo pelo serviço. O mesmo ocorreu com a Premier League, aproveitando-se do seu acordo de streaming com a Amazon, que é dona da Twitch.

Para liberar o sinal, que estará também na Furacão Live, o Athletico embarca na liminar que obteve na Justiça no último dia 16 de dezembro. O desembargador Abraham Lincoln Calixto deferiu uma liminar ao clube em condição de efeito suspensivo no caso onde a Globo, por ter os direitos de transmissão na TV aberta com diversos clubes que participam do Brasileirão, entendia que o Athletico não poderia transmitir as partidas contra essas equipes, já que estaria violando a exclusividade contratual.

Nas redes sociais e em nota no site da equipe, o Athletico exaltou a nova forma de transmissão.

“Esse é mais um importante passo do Athletico Paranaense, antecipando movimentos que, invariavelmente, acontecerão num futuro não tão distante. Sempre fomos inovadores, rebeldes, entusiastas e ambiciosos. E dessa vez não será diferente”, afirmou.

O MKTEsportivo apurou que o clube enviará a transmissão a um influenciador de cada clube. Pelo lado vascaíno, a partida será exibida no canal do streamer Casimiro, enquanto a atleticana estará no ‘Drako Por Cento‘. Quem quiser acompanhar terá que ser inscrito em ao menos um deles e pagar R$ 22,99. A cobrança é baseada no direito de pay-per-view, já que o Furacão não tem o direito de transmitir de maneira aberta na Twitch.

Importante destacar que a Globo ainda pode recorrer e cancelar a transmissão.