Com WhaleFin, Chelsea fecha primeiro patrocínio pós-Abramovich

A empresa de criptomoedas assume o lugar da Hyundai na manga da camisa do clube

maio 12, 2022

O Chelsea anunciou a Amber Group como sua nova patrocinadora e estampará a marca da empresa de criptomoedas WhaleFin na manga da camisa a partir da próxima temporada.

Desta maneira, ela assume o espaço anteriormente ocupado pela Hyundai, que preferiu deixar os Blues após o governo do Reino Unido levantar várias sanções ao agora ex-dono do clube, o magnata russo Roman Abramovich, por suas ligações com Vladimir Putin e o governo da Rússia. A parceria vale também para o elenco feminino.

“Esta é uma parceria extremamente empolgante para o clube, que nos alinha com uma das empresas de ativos digitais mais avançadas do mundo. À medida que o Amber Group continua a expandir a cobertura de sua plataforma globalmente, eles agora terão a capacidade de não apenas falar com as centenas de milhões de fãs leais do Chelsea em todo o mundo, mas também de serem vistos pelos bilhões que sintonizam a Premier League a cada temporada”, disse Guy Laurence, CEO do Chelsea.

“Nossa parceria com o Chelsea é um momento decisivo à medida que embarcamos na próxima etapa do nosso crescimento globalmente. Com a capacidade do futebol de reunir um público global, independentemente da cultura, idioma e nacionalidade, estamos entusiasmados em mostrar todo o potencial dos ativos digitais para um público internacional. O Chelsea é um clube histórico com o qual temos orgulho de fazer parceria, pois levamos digitalização e financiamento de criptomoedas para usuários globais. Estamos entusiasmados por estar associados a uma das melhores equipes da Premier League e esperamos desbloquear novas experiências desportivas para os fãs de futebol de todo o mundo”, acrescentou Michael Wu, CEO do Amber Group.

O acordo com o Amber Group é o primeiro de uma nova era que viverá o Chelsea, agora sem Roman Abramovich. O americano Todd Boehly, coproprietário do Los Angeles Dodgers, da MLB, além de acionista do Los Angeles Lakers, da NBA, e do Los Angeles Sparks, da WNBA, foi anunciado como novo dono do clube em um negócio fechado por £ 4 bilhões.

Como parte do acordo, o Chelsea e o Amber Group trabalharão em diversas iniciativas relacionadas ao meio ambiente consideradas essenciais para o compromisso contínuo do Amber Group de construir um futuro sustentável. Nesse sentido, a empresa anunciou recentemente colaborações com a Whale and Dolphin Conservation e a Moss Earth.

Além do Chelsea, a WhaleFin se tornou patrocinadora máster do Atlético de Madrid com o status de maior contrato da história do clube espanhol: € 42 milhões por temporada e válido por cinco anos.