Indústria

Visa anuncia extensão do patrocínio global de atletas olímpicos até 2021

Atualmente, o “Team Visa” possui 96 atletas em 27 modalidades esportivas diferentes

30 mar, 2020

Com a oficialização das novas datas dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos de Tóquio, a Visa, parceira oficial do Comitê Olímpico Internacional (COI), anunciou que estenderá o patrocínio aos atletas olímpicos e paralímpicos, que iria até o final deste ano, até o final do ano que vem. Dessa forma, os embaixadores da marca não sofrerão impacto financeiro em seus aportes.

Leia também: Japão prevê custo adicional de US$ 3 bilhões por Jogos Olímpicos em 2021

Atualmente, o “Team Visa” possui 96 atletas em 27 modalidades esportivas diferentes. Entre os nomes envolvidos estão os das americanas Simone Biles (ginástica artística), Katie Ledecky (natação) e Megan Rapinoe (futebol), a colombiana Mariana Pajón (ciclismo BMX) e a mexicana María Espinoza (taekwondo), além dos brasileiros Alison Cerutti (vôlei de praia) e Daniel Dias (natação paralímpica).

“Optamos por apoiar toda a nossa lista de atletas do Team Visa e garantir que eles saibam categoricamente disso. Todos estão mantendo seus horários de treinamento, disciplina e foco na medida do possível, ao mesmo tempo em que lidam com o que está acontecendo com suas famílias e entes queridos”, disse Chris Curtin, chefe de marca e marketing de inovação da Visa, em declaração à Associated Press (AP).

De acordo com a empresa, desde o início do programa, em Sydney 2000, “o Team Visa tem como objetivo principal apoiar os atletas, oferecendo algumas das ferramentas e recursos de que eles necessitam para atingir seu potencial máximo, independentemente de sua origem ou histórico”. Os patrocinados são selecionados com base em suas jornadas pessoais até os Jogos Olímpicos e Paralímpicos, suas conquistas esportivas e também o envolvimento comunitário de cada um.

Vale lembrar que, desde o final da semana passada, o presidente do COI, Thomas Bach, já havia garantido que todos os patrocinadores de Tóquio 2020 manterão seus direitos para os dois eventos.