Patrocínio

Nike renova com primeira divisão chinesa por dez temporadas

Contrato fará com que todos os clubes da CSL sigam utilizando uniformes da marca norte-americana

5 maio, 2018

A Nike seguirá com sua relação com a Chinese Super League,  a elite do futebol chinês, por um período de dez temporadas. O novo acordo entrará em vigor a partir do segundo semestre de 2019.

De acordo com o jornal chinês Beijing Youth Daily, o novo contrato fará com que todos os clubes da CSL continuem a ostentar uniformes da marca norte-americana. Além disso, bolas e uniformes dos árbitros também serão fornecidos pelo swoosh. O modelo de patrocínio é idêntico ao praticado pela Adidas na Major League Soccer.

Por outro lado, há uma voz destoante dentro da liga contra esta exclusividade da Nike. O Beijing Guoan, do brasileiro Renato Augusto, planeja fechar com outro fornecedor de material esportivo acreditando conseguir um valor maior pelo contrato.

De acordo com Bao Wenlong, repórter esportivo local, a Nike pode adotar na CSL um modelo conhecido como “cash + products“, ou seja, o contrato poderia arrecadar US$ 12.5 milhões fixos para a liga a cada ano, o que significaria cerca de US$ 500 mil para cada clube participante. O restante ficaria com a CSL.