Futebol

Crefisa e Palmeiras renovam até 2024 por R$ 81 milhões ao ano

O clube alviverde seguirá tendo a maior cota de patrocínio do futebol sul-americano

25 ago, 2021

O Palmeiras e a Crefisa anunciaram a renovação por mais três temporadas do contrato de patrocínio. Desta maneira, as marcas da Crefisa e da FAM (Centro Universitário das Américas) seguem no uniforme alviverde até, pelo menos, 2024. O contrato engloba as peças de treino e jogo do time paulista em todas as categorias e no futebol feminino.

O valor do contrato foi mantido em relação ao atual acordo: R$ 81 milhões anuais pagos pelas duas empresas, que são de propriedade do casal Leila Pereira e José Lamacchia.

“Esta parceria Palmeiras, Crefisa e FAM tem sido extremamente importante para todos. É uma parceria vencedora e que contribui muito para o nosso sucesso esportivo e institucional, fortalecendo ainda mais a nossa camisa e o nosso clube. O maior patrocínio da história do clube e do futebol brasileiro seguirá conosco e fazendo história. Continuaremos fortes e competitivos”, disse em nota Maurício Galiotte.

O valor máximo do patrocínio pode chegar a R$ 120 milhões por ano, caso o Palmeiras seja campeão de todas as competições que disputar.

“O Palmeiras é um dos maiores clubes do mundo, com visibilidade que extrapola fronteiras. Como presidente das empresas, quero que a Era Palmeiras, Crefisa e FAM se eternize no coração de todo torcedor palmeirense e na história do clube. Estamos todos juntos pela mesma paixão”, acrescentou Leila Pereira, presidente da Crefisa e da FAM.

Na “Era Crefisa”, o Palmeiras conseguiu seis títulos: duas Copa do Brasil (2015 e 2020), dois Campeonatos Brasileiros (2016 e 2018), a CONMEBOL Libertadores (2020) e o Campeonato Paulista (2020).

Com o novo contrato, a Crefisa se tornará o patrocínio máster mais duradouro da história do Palmeiras, com um total de dez anos seguidos, superando os pouco mais de oito anos com a Parmalat, entre 1992 e 2000.