Indústria

UFC terá “Ilha da Luta” em Abu Dhabi para eventos em julho

Trata-se de uma expansão do acordo que a entidade esportiva mantinha desde 2019 com a cidade árabe

10 jun, 2020

O UFC confirmou o projeto batizado “Ilha da Luta”, que terá eventos com total isolamento para os participantes durante a pandemia do coronavírus. O encontro será na Ilha de Yas, em Abu Dhabi, a capital dos Emirados Árabes Unidos. Trata-se de uma expansão do acordo que a entidade esportiva mantinha desde 2019 com a cidade árabe.

A parceria com o Departamento de Cultura e Turismo de Abu Dhabi agora inclui quatro eventos que serão disputados na ilha. O principal será o UFC 251, mas haverá também mais três iniciativas, as chamadas “fight night”. Os encontros serão realizados entre os dias 11 e 25 de julho deste ano.

A Ilha de Yas contará uma zona de segurança de 25 quilômetros quadrados, onde apenas atletas, funcionários e profissionais do evento terão acesso. Na área, há uma arena, um hotel, instalações de treinamento e restaurantes.

O acordo entre UFC e Abu Dhabi previa cinco anos de duração para ter eventos na cidade. No ano passado, foi realizado o UFC 242 no local, na mesma Ilha de Yas, e recebeu 14 mil pessoas.

Vale lembrar que, desde o início da pandemia, o presidente do UFC, Dana White, defendeu os eventos mesmo com a quarentena imposta em diversos países. Em abril deste ano, o mandatário da entidade chegou a citar uma ilha em que seriam retomadas as lutas.